Veja como saber se alguém invadiu seu iPhone

Existe uma maneira de saber se alguém invadiu seu iPhone e está te espionando? A Apple sempre se concentrou em tornar o iPhone o mais seguro possível e, com o lançamento do iOS 14, as opções para controlar e monitorar o que está acontecendo com seu telefone melhoraram drasticamente.

Apesar de todos esses recursos de segurança, há algumas maneiras de alguém obter acesso para fins de espionagem.

O primeiro exigiria que eles tivessem acesso ao seu iPhone enquanto ele estava desbloqueado para que pudessem instalar uma ferramenta de acesso remoto nele.

Dependendo da ferramenta que escolherem, eles podem precisar de um longo tempo com ela para inserir um aplicativo furtivamente.

Se você acha que alguém pode ter acessado o seu iPhone, faça uma pesquisa completa em todos os aplicativos do seu dispositivo para ver se há algum aplicativo que você não reconhece.

A maioria dos aplicativos espiões usará nomes que parecem aplicativos normais, como uma calculadora ou um jogo, portanto, qualquer aplicativo que você não reconheça deve ser examinado e removido se você não precisar dele.

Um dos melhores novos recursos do IOS 14 é o ‘indicador de gravação’ que mostrará por meio de um pequeno ponto acima do ícone da bateria se um aplicativo está acessando sua câmera (verde) ou microfone (laranja).

Abrir o Control Center revelará qual aplicativo está usando na parte superior, o que pode ajudá-lo a identificar rapidamente um aplicativo nocivo.

Espionando sem acessar seu iPhone

Se o seu iPhone faz backup de tudo em sua conta do iCloud, alguém pode espionar sua atividade acessando sua conta do iCloud de qualquer navegador da web.

Eles precisariam do seu nome de usuário e senha da Apple ID para fazer isso; portanto, se você sabe que um terceiro possui essas informações, siga estas etapas.

Comece alterando a senha para algo que você nunca usou antes, especialmente se a pessoa souber suas outras senhas.

Você também deve alterar suas perguntas de segurança para respostas que não sejam facilmente descobertas. Por exemplo, se você usar a pergunta do mascote do colégio, crie um mascote em vez de usar o que é uma coisa muito fácil de descobrir por qualquer pessoa que o conheça.

Mais importante ainda, certifique-se de que a autenticação de dois fatores esteja ativada para o seu ID Apple, o que torna o acesso remoto impossível sem que eles tenham seu iPhone em mãos no momento.

Se você não se importa em usar o iCloud como backup do seu iPhone, pode desligá-lo para eliminar totalmente essa forma de espionagem.

Se você optar por fazer isso, certifique-se de ter outra maneira de fazer backup do seu iPhone primeiro. Você também deseja fazer uma cópia de arquivo do que está armazenado em sua conta do iCloud e, em seguida, remover o conteúdo que deseja proteger.

Outros sinais para assistir

Embora existam maneiras de uma pessoa experiente cobrir seus rastros após comprometer seu dispositivo, geralmente existem indicadores sutis de um problema.

Coisas como atividade estranha na tela que ocorre quando você não está usando o telefone, tempos de inicialização ou desligamento extremamente lentos, aplicativos que desligam repentinamente ou um aumento repentino no uso de dados podem ser indicações de um dispositivo comprometido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.