Com que frequência você atualiza seu iPhone?

Uma pesquisa recente mostrou que um dos três clientes planeja ficar com o iPhone por pelo menos mais de três anos. À medida que o ciclo de atualização do iPhone fica mais lento, você ainda compra um telefone novo a cada ano ou espera mais tempo?

A Apple atualmente vende cinco modelos diferentes de iPhone, se você considerar as linhas 12 e 12 Pro como dois telefones completamente diferentes. Como os recursos de mudança de jogo não vêm com tanta frequência como antes nos primeiros anos do iPhone, e o preço do telefone continua subindo, as pessoas simplesmente ficam um pouco mais com seus telefones atuais.

Se compararmos todos os iPhones que a Apple vende atualmente, que provavelmente são os que as pessoas usam, temos que comparar o iPhone XR com o iPhone 12 Pro Max para começar a ver o que realmente mudou ao longo desses anos.

Quando as pessoas atualizam para um novo iPhone, elas esperam uma vida útil mais longa da bateria e mudanças no design, seguidas por mais armazenamento, vídeos e fotos de alta qualidade e um processador mais rápido.

Como a Apple só fabrica processadores topo de linha, qualquer pessoa, agora, com um chip A12 Bionic não terá problemas para realizar as tarefas do dia-a-dia com o processador de quase três anos. O principal problema geralmente tende a ser a duração da bateria, que pode se deteriorar em um ou dois anos.

Quando isso acontece, as pessoas podem escolher entre atualizar seu telefone ou consertar a bateria com a Apple. Quando os clientes optam por consertar a bateria do iPhone, ela basicamente parece tão boa como nova, já que vai durar tanto quanto durava nos primeiros dias e o processador será capaz de fornecer toda a sua energia novamente.

Desde que a Apple introduziu o display OLED no iPhone, usar o Modo escuro e comprar um telefone Pro Max maior foram maneiras de os usuários obterem mais bateria. As câmeras também estão melhorando com o tempo. Por exemplo, você ainda pode tirar fotos incríveis com o iPhone XR, mas se estiver procurando pelo Modo Noturno, fotos ultra amplas ou até mesmo um zoom melhor, você terá que escolher um telefone mais novo.

Agora, o único iPhone realmente diferente de todos os outros é o SE de segunda geração, lançado em 2020. Com o botão Home clássico e engastes maiores, o iPhone SE é um telefone potente com um design compacto e mais simples. Suas câmeras se comparam à linha do iPhone 11 de 2019, mas seu ponto de venda é por volta de R$2.000,00 a R$3.000,00.

Se você é um fã da Apple, provavelmente atualiza seu iPhone todos os anos para obter um desempenho e câmeras um pouco melhores, bem como os recursos exclusivos. Na linha 11, foram as lentes ultra-grandes, o tamanho Pro Max e o chip U1. Com a linha iPhone 12, por exemplo, vem o 5G e o LIDAR Scanner, além do novo design.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.